Locais de Romaria São Paulo

Guaratinguetá – SP

Um santo brasileiro

A cidade de Guaratinguetá, no interior de São Paulo, se tornou conhecida em todo o Brasil graças a um filho ilustre, Frei Galvão. Antônio de Sant’Ana Galvão nasceu em maio de 1739 e se tornou o primeiro santo genuinamente brasileiro. (Santa Madre Paulina e São José de Anchieta têm origem europeia).

Frei Galvão foi ordenado sacerdote em 1762. Há uma série de fenômenos místicos atribuídos a ele, como casos de telepatia, premonição, levitação e bilocação, que é o ato de estar em dois lugares ao mesmo tempo.

Também ficou conhecido pelo seu poder de curar doenças. Em duas situações distintas escreveu frases em latim e as enrolou em pedaços de papel, como se fossem pílulas, livrando uma jovem de fortes cólicas e aliviando o parto difícil de uma mulher. As pílulas ficaram famosas e são distribuídas gratuitamente aos fiéis até hoje.

Frei Galvão faleceu no dia 23 de dezembro de 1822, aos 83 anos, deixando um testemunho de vida exemplar. Sua canonização aconteceu no dia 11 de maio de 2007, durante celebração presidida pelo papa Bento XVI em São Paulo.

Hoje, quase tudo em Guaratinguetá está relacionado a Frei Galvão.


Catedral de Santo Antônio

É a igreja onde Frei Galvão recebeu os primeiros sacramentos e onde celebrou sua primeira missa. Foi construída em 1.630. Há distribuição de pílulas.

(12) 3122-4840


Casa de Frei Galvão

É a casa onde Frei Galvão nasceu e viveu parte de sua infância. Perto da casa há uma fonte, um memorial e a sala dos milagres. Há distribuição de pílulas.

Fone: (12) 3132-4406


Santuário de Frei Galvão

É a primeira igreja dedicada ao santo no Brasil. O santuário recebe romeiros de todo o país. Há distribuição de pílulas.

(12) 3125-1444


Seminário Frei Galvão

É um centro de evangelização e formação de jovens da ordem franciscana. Foi fundado em 1.942. Há distribuição de pílulas.

(12) 3132-6233


Outros locais

Igreja de São Benedito

Igreja de Santa Rita

Igreja Nossa Senhora das Graças

Mosteiro Imaculada Conceição

Santuário de Santo Expedito

Deixe um comentário

Translate »