Arquivo de Notícias Notícias

Sacerdote paranaense condena ataques à Nossa Senhora Aparecida

A manifestação do sacerdote aconteceu durante uma procissão luminosa em homenagem à santa

O padre Roberto Medeiros, reitor do Santuário São Miguel Arcanjo, em Bandeirantes, Norte do Paraná, condenou – com veemência – os ataques feitos nas últimas semanas à imagem de Nossa Senhora Aparecida, principalmente em alguns meios artísticos.

A manifestação do sacerdote aconteceu durante a primeira procissão luminosa realizada sábado à noite, dia 28 de outubro, entre o templo do santuário e o interior da Gruta de Nossa Senhora de Lourdes e São Miguel Arcanjo com os Nove Coros de Anjos, um percurso de aproximadamente um quilômetro.

“É um afronta tudo aquilo que fizeram contra a imagem de Nossa Senhora”, lamentou o sacerdote, acrescentando que “devemos pedir perdão por tudo que fazem contra ela”.

A imagem de Nossa Senhora Aparecida que participou da procissão e que foi levada por diversas mulheres durante o percurso é a mesma que está percorrendo todas as paróquias e santuários da Diocese de Jacarezinho em comemoração aos 90 anos da diocese.

No final, o padre fez a consagração à Nossa Senhora Aparecida e disse que a procissão luminosa deverá ser realizada todo ano, a partir de agora, sempre no mês de outubro. “Quero dizer para o Brasil que nós honramos Nossa Senhora”, afirmou o sacerdote.

Padre Roberto tira “selfie” com os participantes da procissão

A imagem foi colocada por alguns minutos no pequeno altar montado dentro da gruta, onde entraram todas as pessoas que participaram da procissão. Muita gente aproveitou o momento para fazer fotos ao lado do sacerdote e da imagem de Nossa Senhora Aparecida naquele momento.

A procissão contou com a presença de cerca de 250 pessoas, inclusive crianças, uma boa parte vinda de outras cidades. Entre elas estava a irmã Cintia, carmelita de São Paulo. Esta é a terceira vez que ela vem ao nosso santuário e disse que achou a procissão “emocionante”.

Deixe um comentário

Translate »