Arquivo de Notícias Destaque Notícias

Anjos de dois coros “aparecem” em santuário no Paraná

Descrição do pregador Pedro Siqueira surpreendeu os fiéis por se tratar de um “fenômeno” raro

O Santuário São Miguel Arcanjo, em Bandeirantes, Norte do Paraná, recebeu a “visita” de dois anjos do coro dos principados e três anjos do coro das virtudes. Quem teve a visão foi o pregador carioca Pedro Siqueira, que esteve no santuário no dia 28 de abril de 2018 para rezar um terço mariano.

A visão de anjos, santos e de Nossa Senhora é comum para o pregador, mas o que causou surpresa foi a aparição de uma “hierarquia superior” de anjos, o que não é comum, segundo ele, porque estes não são anjos da guarda. Pedro disse que tinha visto anteriormente apenas uma vez os anjos do coro dos principados e duas vezes os anjos do coro das virtudes.

Ele interpretou a presença dos anjos dos dois coros como uma demonstração de apoio ao Santuário São Miguel Arcanjo.

Pedro contou em detalhes, durante o terço, a visão que teve às 11 horas da manhã daquele dia, quando estava em oração com o padre Roberto Medeiros, reitor do santuário.

Segundo o pregador, inicialmente apareceram os dois anjos do coro dos principados, emitindo uma luz forte, como se fossem um disco voador. Eles estavam sobre um canavial próximo e cobriam o todo santuário, inclusive a Gruta de São Miguel Arcanjo e Nossa Senhora de Lourdes com os Nove Coros de Anjos, com uma luz bonita, prateada e intensa. “Essas criaturas se apresentaram como interessadas na obra de São Miguel Arcanjo no Brasil e estão aqui porque apoiam essa causa de São Miguel”, afirmou.

Fiéis acompanham a fala de Pedro Siqueira durante o terço realizado no Santuário São Miguel Arcanjo, em Bandeirantes

Logo depois, ele viu descer do céu três criaturas do coro das virtudes. “São criaturas grandes, maiores do que a cruz (na gruta) e quando batem no chão, causam um grande estrondo e aquela força se espalha em raios de quilômetros como se fosse uma onda de luz que cobriu todo o santuário, a casa (do padre) e a gruta. Aí vem aquela sensação de paz e de prazer de estar com Deus”.

O Pedro reafirmou que nunca viu uma obra religiosa crescer de forma tão rápida quanto o nosso santuário. E este crescimento, não é apenas no sentido material. Na hora do terço, por exemplo, ele disse que podia sentir junto às pessoas que estavam no santuário naquele momento a mesma luz que viu quando teve a visão dos anjos. “Aproveitem! É a força de Deus que está aqui. Sinto que as pessoas que estão aqui tem uma vida espiritual de verdade. Nós somos privilegiados”, concluiu.

Esta foi a quinta vez que o pregador Pedro Siqueira esteve no Santuário ao Miguel Arcanjo. Ele foi, inclusive, a primeira pessoa a ter uma visão de Nossa Senhora de Lourdes onde é a nossa gruta.

A pregação do Pedro no dia 28 de abril contou com a presença de cerca de 7 mil pessoas.

Parte dos fiéis assistiram ao terço do lado de fora do templo devido à grande quantidade de pessoas presentes no Santuário

Hierarquia dos anjos

A hierarquia dos anjos é organizada em nove coros, divididos em três grupos. Aliás, Nove Coros de Anjos faz parte do nome de nossa gruta.

Na primeira hierarquia estão os serafins, querubins e tronos. São anjos que estão em um grau bem elevado e mais próximos do Criador.

Na segunda hierarquia, estão as dominações, potestades e virtudes. São responsáveis pelo que acontece no Universo e repassam as ordens aos anjos da terceira hierarquia.

Na terceira hierarquia estão os principados, arcanjos e anjos. Estes são anjos que executam as ordens do Altíssimo e estão mais próximos das pessoas.

Deixe um comentário

Translate »