Arquivo de Notícias Destaque Notícias

Cadeirante percorre 70 quilômetros para visitar santuário

Peregrino diz que iniciativa foi em agradecimento à vida, à família e amigos

Uma caravana formada por 40 pessoas – tendo à frente uma mulher empunhando uma cruz – entrou pela porta principal do Santuário São Miguel Arcanjo, em Bandeirantes, Norte do Paraná, pontualmente às 11 horas da manhã do dia 29 de abril de 2018, um domingo ensolarado.

A chegada de peregrinos a pé é uma cena que está se tornando comum neste santuário, especialmente em setembro, mês de aniversário, mas esta caravana tinha algo diferente.

Entre os peregrinos estava o cadeirante César Aparecido Vieira, da cidade de Salto Grande, interior de São Paulo. Ele integrou uma caravana que fez a pé o percurso de quase 70 quilômetros entre a cidade de Ourinhos até o Santuário São Miguel Arcanjo.

César Aparecido Vieira integrou caravana que percorreu a pé quase 70 quilômetros entre Ourinhos e o Santuário São Miguel Arcanjo

César foi empurrado o tempo todo em seu triciclo por peregrinos que se revezavam nesta tarefa no acostamento às margens das rodovias.

O peregrino diz que veio três vezes ao santuário no ano passado para participar das missas de cura e libertação, mas todas as vezes estava na companhia de outras pessoas que o transportavam. Desta vez, entretanto, ele resolveu “inovar” e, ao invés da carona, preferiu a caravana que viria a pé da cidade vizinha. O pessoal saiu de Ourinhos na sexta-feira à noite e chegou ao santuário no final da manhã de domingo.

O peregrino fez questão de fazer o percurso pelo acostamento das rodovias em agradecimento a Deus, à família e aos amigos. “A peregrinação foi uma experiência única, gostosa e com muita união do grupo. São Miguel é maravilhoso. Deus é maior”!

César, além de tudo, ainda dá um testemunho de fé. Segundo ele, o fato de ser cadeirante não deve ser motivo de limitação quando a pessoa sabe o que quer. “É preciso ter foco em Deus; o resto Deus provê. O limite da gente vai até onde a nossa fé alcança”.

Caravana agradece chegada ao Santuário São Miguel Arcanjo

Paralisia infantil

César, hoje com 45 anos, adquiriu paralisia infantil quando tinha apenas um ano de idade, o que lhe causou sérias deficiências físicas. Ele sempre precisou usar cadeiras de rodas e sempre dependeu de outros para se locomover, mas parece ter assimilado bem esta situação.

Galeria de fotos

Deixe um comentário

Translate »